quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Meu nome é mulher

Eu era a Eva,
criada para a felicidade de Adão. 
Mais tarde fui Maria,
dando à luz aquele 
que traria a salvação. 
Passei a ser Amélia,
a mulher de verdade 
para a sociedade. 
Depois virei Anita,
deixando a vaidade,
e sonhando com igualdade. 
Muito tempo depois decidi: 
Não dá mais! 
Quero minha dignidade. 
Tenho meus ideais! 
Hoje, não sou só esposa ou filha.
Sou pai, mãe, irmã, amiga, mulher. 
Sou caminhoneira, taxista, 
Pilota de avião, policial, 
Operária em função...
Ao mundo peço licença,
pra atuar onde quiser.
Meu sobrenome é COMPETÊNCIA 
E o meu nome é MULHER !!! 

(O Autor é Desconhecido, mas as correções são minhas)

Nenhum comentário: