terça-feira, 18 de janeiro de 2011

tempo não passa*

Eu juro que não, você insiste que sim.
Tento disfarçar, fugir aos poucos com o amor.
Tento não olhar, mas não consigo não te olhar.
Você é você. E foi feito pra mim.
Pena que nós "ainda" não nos descobrimos.
Eu ando só, mas não tão sozinha.

Nenhum comentário: