domingo, 2 de janeiro de 2011

Feliz 2011

Fiquei pensando durante horas, dias, ou, como diriam essas duas exageradas palavras: "milênios", em como poderia ser a primeira postagem de 2011. Pensei, mas vacilei muito ao descobrir que não poderia concluir essa tarefa que é por deveras simploricamente complicada. Então, falarei sobre neologismos e da cultura do enroleixon que aprendi a desenvolver aqui no Blog. (kkkkk) Sério. Muitas vezes, principalmente esse ano, eu meio que me perdi dentro da minha cabeça. Às vezes ficava horas em frente ao not e terminava por escrever o motivo pelo qual eu estava em frente à ele. Ou, escrevia que estava em frente à ele, com uma tela vazia e me sentindo vazia também. (kkkkkkk) É cada uma que me aparece! Mas, enfim, o bom desse ano foi que eu aprendi a ter minha própria consciência, por mais que ela seja louca. Aí eu crio minhas palavras estranhas e cometo os mesmos erros de sempre, sabendo que aquilo que eu faço, é o que eu realmente quero pra minha vida. Então, como o papo já me fugiu totalmente da cabeça, fico por aqui com as minhas muitas dúvidas e algumas certezas perdidas ao vento. Beijos e FELIZ 2011.

P.S: Demorei tanto a escrever isso, que dia primeiro virou dia segundo. kkkk

Nenhum comentário: