sexta-feira, 30 de julho de 2010

Passa tempo

´´A lei da gravidade não é responsável pelas pessoas se apaixonarem.´´

Albert Einstein

Lembranças

Tava aqui sem fazer nada da vida quando encontrei esse meu poema, que fiz há uns 2 anos na aula de Português no Ensino Médio. 

Nos meus versos
Tens a cor a esperança,
Minha vida têm a fé
E a lembrança.

Minhas pedras,
Ficaram para trás.
Os meus rins,
Nem existem mais.

Só quero sentir mais uma vez,
O vento tocar o meu rosto
Como brisa suave.

Não como pedra que machuca,
Mas, como o vento.
Simples vento.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Encarcerada

Nas diversas faces que um dia assumiremos, perceberemos a profundidade das expressões que estarão voltadas para determinados indivíduos. Como em um sorriso, um olhar. Enfim, descobriremos uma diversidade de gostos, amizades, vida, felicidade. Uma mistura de são com sãs. E foi exatamente isso que eu percebi naquela manhã. Olhei para Edgar e tudo o que pude ver foi sua máscara. Uma máscara que já me abraçava nas manhãs desses últimos seis anos de casada. É impressionante como as coisas mudam. Antes eu era apenas uma adolescente cheia de sonhos e carências. Hoje, sou uma mulher casada, enfadada com tantas obrigações e ainda com o monte de sonhos não realizados e uma vida sexual frustrada. Não pude acreditar em tudo que se passou na minha vida. Às vezes, ainda penso em como deixei tudo chegar a esse ponto. Eu, uma mulher com 24 anos, casada por 6 anos com um homem que jurava me amar, mas, que não me ama, destinada a uma vida triste e infeliz, sustentada pelo marido e cuidando da casa. Às vezes, chego a pensar que minha vida não passa de um sonho. Na realidade, penso que minha vida ficou presa aos meus sete anos de idade quando tive um sonho para lá de louco, em que minha família e amigos tentavam me matar. Lembro-me que, no sonho, eu corria pela casa feito louca, uma vez que esta era enorme, cheia de artifícios e esconderijos. Eu sabia que estava sonhando, mas, a única coisa que eu conseguia fazer era correr, correr cada vez mais. Eu não conseguia acordar, eu apenas corria e corria e me esforçava para acordar, mas, não acordava. Recordo que nesse sonho eu morri e acordei atrasada para ir à escola. Desde esse dia sinto que ainda estou dormindo e vivendo um grande sonho. Sei que pode até parecer bobagem, mas, você já sentiu que toda a sua vida gira em torno de um mistério? Que nada do que faça ou fale ou tente dará certo? Pois, bem. Esse é o sentimento que se apossou de mim, em todos esses anos. Um sentimento de dever não-cumprido, uma sensação de que está me faltando algo.

segunda-feira, 26 de julho de 2010

Coisas

Se você realmente me amasse como eu sou. Veria que sou apenas uma menina sensível demais, que chora demais e que têm medo de se machucar. Se você me visse de verdade, veria as lágrimas embutidas dentro de cada sorriso que disfarço ao te ver ao lado de outra.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Passa tempo


Vejo com brilhos coloridos,
as lágrimas que aqui se formam tão belas.
E são cores e mais cores que tem forma e renegam,
brilhos que me cegam e que me fazem piscadela...
Só vejo o teu reflexo no espelho,
só vejo o teu retrato no passado,
só vejo mais uma vida que passou e aqui ficou,
mas, que não procuro, não mais.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Quanto mede o seu sofrimento?

"Eu não preciso de palavras pra explicar o sofrimento e não preciso de lágrimas para mostrá-lo a ninguém."


Essa é uma das imagens mais tristes que já vi. 
Quanto mede o seu sofrimento?
Será que ele custa o preço da sua vida?
Acho que não.

Diariamente, reclamamos da vida e dos nossos problemas. Mas, só sabemos realmente o peso do sofrimento, quando partilhamos a dor alheia. Do que adianta dar com uma mão e roubar com outras duas? O importante é seguir acreditando, que além de toda essa dor ainda existe esperança. A diferença começa em nós.

Morangos

Eu não diria que a beleza de todas as flores
encanta ou encataria toda mulher.
Diria que a suavidade e a doçura do seu perfume a conquistaria.
Eu não afirmo que a fruta mais bela ao meu
 ver e ser e viver é o morango.
Mas, com certeza, recomendo que provem o seu gosto tão único.

"Não me encho de palavras,
de frases ou de fins.
Espero assim como a morte,
o momento certo para reagir.
Não me olho mais no espelho,
não faço nem as unhas, nem o corpo.
Vivo o momento certo para ser feliz.
Não fico imaginando o amanhã,
não pinto mais retratos pra nós dois,
descubro-me e cubro todo dia,
e sinto o pouco que ainda restou de mim."

Tu ou eu

Ouço sussuros, vozes, gritos
Ouço batidas com uma respiração forte e sofrida
Sinto as cores, as luzes, as dores
Vejo teu rosto, vejo o teu eu.
Não sei se o que sou
É tu ou eu,
Mas eu sei que me perdi no teu universo.
Vejo as paredes pintadas com meu nome e fujo.
Fujo toda vez que escuto a tua voz e sinto o teu corpo.
Fujo toda vez que sinto-me desfalecer sobre as tuas vistas.
Fujo toda vez que sinto que deixo de ser eu e passo a ser tu.

domingo, 18 de julho de 2010

Amores

Sorvete de casquinha com cobertura de morango. 
Perfumes de jasmim com amontadas de rosas. 
Sorriso tão belo dentro de sonhos tão doces!

sábado, 17 de julho de 2010

Campanha

Peguei este selo dos "Blogueiros por um mundo melhor, nós fazemos a diferença!" - do Blog Tecendo Ideias, da criativa Denise, cujo o Blog me afeiçoei bastante em um pequeno período de tempo. Ela o recebeu de uma amiga, a Valéria. Estou aderindo a campanha, compartilhando-a e te chamando para participar desta corrente do bem.

As regras são as seguintes:

a- exibir, no blog, a imagem do selo e apoiar;
b- colocar o link do blog que lhe deu o selo;
c- indicar o número de blogs que quiser;
d- postar "algo" dizendo como se deseja que o mundo seja.

-        -        -         -        -         -         -         -

A questão é a seguinte, não se fazem mais coisas como antigamente, não se vive mais uma vida como nos tempos da terceira idade. O mundo veio e vem sofrendo impactos e transformações conforme a forma viver de cada cidadão se modifica. É claro que só um não faz a diferença, pois, como pode um vagalume substituir o papel da lua? É como aquele famoso ditado: "Uma andorinha só não faz verão". Porém, quando se fala que a diferença começa em nós, não significa dizer que nós conseguiremos mudar o mundo. Mas, significa que a mudança têm que começar em algum lugar. Ela não é de fora para dentro, mas de dentro para fora. Quando deixamos de ser expectadores e passamos a ser agentes, que trabalham para um determinado fim, deixamos de ser homens e passamos a ser cidadãos. Ser cidadão não é algo que rege uma constituição, mas é algo que fica impregnado dentro de cada ser humano que nasce dentro de uma sociedade. É algo que é desenvolvido e trabalhado com o tempo. É algo que é moldado e classificado para habitar e agir em determinadas situações. Então, o simples fato de eu ser uma blogueira e através do meu Blog aderir essa campanha e compartilhar com  os meus leitores o conteúdo deste, já reflete uma atitude de cidadã, que se importa com o futuro do seu país e do mundo. Imaginar um mundo melhor ou viver de ilusões é a mesma coisa que esquecer que um dia a gente vai morrer. Não tomem as minhas palavras por pessimismo, pois por mais que eu tenha um compromisso com a minha cidadania, eu também tenho um compromisso com a minha sanidade. Ainda se falam em histórias em quadrinhos, branca de neve e papai noel. Mas, esqueceram-se de falar sobre a realidade, a verdade e o compromisso com o futuro. Cada passo que o homem dá se torna inseguro, cada passo que ele dá marca um terreno alheio que nunca foi seu. Esqueceram-se de falar que tudo é finito e que nada dura para sempre. Esqueceram-se de falar, que se o mundo morre nós também morremos. Vai-se a natureza, o sol, a lua e o tempo, mas, com ele também vai o homem, suas invenções e as mentiras.

Passa tempo

"Pensamentos vazios que não deixam de me lembrar a tristeza de diversos rostos alongados com a tua nova forma de criar métodos de enxergar a imensidão de cores que constitui a ilusão de se viver um dia cheio de esquisitices desvairadas."

À espera...

13/11/2005, domingo 01 h 14 min

"Quero te encontrar no meu ninho invisível do mais nada. Quero ter conversas. Conversas e mais brigas entregues ao silêncio dos teus lábios. Sei que você se encontra em algum infinito bem mais além do meu campo de viver. Mas, também sei que um dia a gente se bate."

15/03/2006, quarta 10 h 16 min

" Tenho pensado muito nos nossos futuros encontros. Doces encontros que serão entregues à momentos de prazeres imensamente satisfatórios."

31/12/2006, domingo 23 h 01 min

"Venho sonhando constantemente nessas últimas horas. Sonhado com teus olhos junto aos meus, fazendo-me pular de encontro à eles toda vezes que os revejo."

25/12/2007, terça 15 h 37 min

" Já não aguento mais tanta expectativa. A espera vem me consumindo a esperança."

17/07/2010, sábado 01 h 23 min

"Desculpe-me, não deu pra esperar. Encontrei um novo amor. Sei que ele não vai ser tão bom ou satisfatório como imaginei, mas, eu sei, que ele sempre permanecerá ao meu lado. Adeus."

Palavras

Ultimamente estou me sentindo meio mulherzinha. Na verdade, pra quem passou de macho domesticado para mulher idealizadora,  tenho que admitir, tive uma grande melhora. Mas, mulherzinha?? Ninguém merece. Na realidade, o fato nem ao menos chegou perto de ser verdade, mas é que as vezes eu me canso de tanto besteirol. Do que adianta ter dinheiro, ser maravilhosamente linda, se no fundo, bem no fundo, você continua sendo aquela baranga horrorosa, que não reflete nem por um fio de cabelo a beleza interior? Mas, eu também pergunto: Do que adianta você ser inteligente, ter bom coração e querer salvar o mundo, se no final você é sempre a cachorra? Essa questão é muito simples, não existe perfeição, pelo menos, não aqui na terra. Acho que tenho tido crises existênciais, na verdade, eu não acho, tenho certeza. Afinal, esse é o nome do Blog: "Devaneios em crise". 

quinta-feira, 15 de julho de 2010

"Modernity old"

Checando novamente. Msn, não presta. Música, não entra. Papo, não flui. Letras, não saem. Então sim, agora sim. Está tudo normal.
É que às vezes eu não consigo entender toda essa paranóia. Ainda me lembro da minha antiga vida, dos meus velhos hábitos, eles continuam enterrados dentro de mim, mesmo depois de tantos anos. Acho que não gosto de mudanças. Antigamente, tudo era diferente, não sei se o que mudou foi eu ou o mundo. Mas, eu sei que as coisas estão diferentes.
Não se fazem músicas como antes, não se fala ou escreve como nos velhos anos de "cafonice". A moda agora é ficar, beijar na boca, trocar e-mais, sair pra badalar. A moda agora é não se guardar, não se apegar, não ser sincero, guardar sentimentos. A moda agora é ser infeliz pensando na felicidade que tá tão perto e longe. A moda agora é inventar realidades diferentes para pessoas reais, é sobrepojar o tempo para se alcançar sucesso, é destruir barreiras para se dizer poderoso. A moda agora é mudar constantemente, não se apegar à coisas, pessoas ou tempos, é viver em uma constante metamorfose. A moda agora é ficar calado, acreditar nas mentiras que se tornaram tão verdadeiras e viver a vida acreditando que tudo já é nosso.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Cultura

Ontem foi o "Dia Mundial do Rock", então, nada mais justo do que falar um pouco sobre esse estilo musical que revolucionou os anos 50 e que ainda mexe bastante com a cabeça dos nossos jovens.
A ORIGEM
Foi aqui que tudo começou. Influenciados pelo Blues – ritmos tocados pelos dos negros norte-americanos desde o final do século XIX –, o R&B – gênero popular desde os anos 1940 – e o country music, os brancos incluíram guitarras elétricas, baixo e bateria e criaram um som novo, feito para dançar, com uma linguagem e atitude sensual apurada e um ar de rebeldia sem causa: Nascia assim o Rock ‘n’ Roll. O boom mesmo aconteceu quando o grupo Bill Haley & the Comets lançou a música Rock Around The Clock que foi a primeira música que definiu claramente o novo gênero musical e atingiu rapidamente o sucesso. Mas, foi Elvis Presley quem melhor divulgou o estilo “rockabilly” e até hoje é referência do estilo. Além dele vale ainda lembrar de Jerry Lee Lewis com o seu inseparável piano e dos negros – para o horror da sociedade norte-americana conservadora e preconceituosa da época – Chuck Berry e Little Richard que também fizeram um sucesso absurdo na época.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Saudade

Tenho pensado muito ultimamente. Pensado em coisas que nunca pensei.  Pensado em coisas que nunca terei. Pensado em coisas que me fazem bem.
Tenho chorado pouco ultimamente. Chorado por coisas que valham a pena. Chorado por coisas que marcam o meu ser. E não chorando por coisas que matem o meu eu.
Tenho sonhado muito ultimamente. Sonhos felizes e coloridos. Neles, encontro a paz que me faltava. Encontro o homem que tanto amava. Viajo no tempo sem voltar.
Tenho sorrido muito pouco ultimamente. Não sei se as pessoas já notaram, mas nosso mundo está em preto e branco; e mesmo com os raios de sol, não consigo ver luz.
Penso que não existe mais saída. Penso que não existe mais solução.
Não choro mais por tantas vidas já perdidas. Não vivo mais no meu passado na minha vida.
Sonhos e ilusões me cercam toda vez que fecho os olhos. Desejo não acordar, mas, no final, o sonho sempre acaba.
Sorrisos já tão gastos e excassos, essa palavra não existe mais no meu vocabulário.
Vida, pra quê te quero mais se proporcionas tal despedida? 
Saudade, essa sim dói e faz falta.
Tenho sentido a tua falta, jovens decididos com a mente formada, com ideias próprias e com sede de justiça.
Tenho sentido a falta de velhos hábitos, de certas palavras, de determinadas épocas que não voltam mais.

domingo, 11 de julho de 2010

Razão x Amor

"No entanto, para dizer a verdade,
 hoje em dia a razão e o amor quase não andam juntos."

William Shakespeare

Amanhecer, fragmentos


"Nossos olhares se fixaram
por um momento; seus olhos dourados
eram tão profundos que imaginei
que pudesse ver sua alma."

"Meu eu, desconectou-se de mim naquele
segundo e flutuou no espaço. Mas eu não fiquei à 
deriva. Um novo fio me prendia onde eu estava.
 Não um fio, mas um milhão deles. Fios não,
 cabos de aço. Um milhão de cabos de aço me
 prendendo a uma única coisa –  ao
 próprio centro do Universo."

"...ele fazia parecer que nada era igual  
ter seus lábios nos meus, 
no meu rosto, no meu pescoço."

Stephenie Meyer

A menina que roubava livros

     Primeiro, as cores
Depois, os humanos.
Em geral, é assim que vejo as coisas.
Ou, pelo menos, é o que tenho

EIS UM PEQUENO FATO
Você vai morrer

UMA PEQUENA TEORIA
As pessoas só observam as cores do dia no começo e
no fim, mas, para mim, está muito claro que o dia se funde
através de uma multidão de matizes e entonações,
a cada momento que passa. Uma só hora pode consistir
em milhares de cores diferentes.
Amarelos céreos, azuis borrifados de nuvens. Escuridões enevoadas.
No meu ramo de atividade, faço questão de notá-los.

UM ANÚNCIO TRANQUILIZADOR
Por favor, mantenha a calma, apesar da ameaça anterior.
Sou só garganta...
Não sou violenta.
Não sou maldosa.
Sou um resultado.

OUTROS PEQUENOS FATOS
Às vezes eu chego cedo demais.
Apresso-me,
e algumas pessoas se agarram
por mais tempo à vida do que seria esperável.


“Quando a morte
 conta  uma história,
você deve parar
 para ler.”
Markus Zusak

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Passa tempo

"luzes coloridas me cercam em todo lugar onde estou, sim, é só o começo da vida e é só o começo das cores..."

Em preto e branco

Hoje acordei com uma vontade de sonhar mais, viver mais, me arriscar mais. Acordei com uma vontade de te ver mais, de falar mais, de lembrar mais. Sempre mais, sempre queremos alguma coisa. Para falar a verdade, acordei com uma vontade de não fazer nada, passar o dia na cama e esquecer por um dia, só por um segundo, que eu tenho coisas a fazer, a falar, pessoas para agradar. Que nada, tô de saco cheio! Quero é pensar na vida sem lembrar que ela é uma droga. Esse é realmente um momento de desabafo, mas fazer o quê? Isso sou eu. Têm coisas que acontecem nas nossas vidas que simplesmente nos aprisionam a certos problemas. Tudo bem, admito, eu tenho um grande problema e o nome dele é: "senso de agradar pessoas."

terça-feira, 6 de julho de 2010

Florescer

As circunstâncias entre as quais você vive determinam sua reputação. A verdade em que você acredita determina seu caráter. A reputação é o que acham que você é. O caráter é o que você realmente é... A reputação é o que você tem quando chega a uma comunidade nova. O caráter é o que você tem quando vai embora. A reputação é feita em um momento. O caráter é construído em uma vida inteira. A reputação torna você rico ou pobre. O caráter torna você feliz ou infeliz. A reputação é o que os homens dizem de você junto à sua sepultura. O caráter é o que os anjos dizem de você diante de Deus.

Arnaldo Jabor

Passa tempo

O tempo passou eu continuei acordando e indo dormir todos os dias querendo ser mais feliz para ele, mais bonita para ele, mais mulher para ele. Até que algo sensacional aconteceu. Um belo dia eu acordei tão bonita, tão feliz, tão realizada, tão mulher que eu acabei me tornando mulher demais para ele. 

Tati Bernardi

domingo, 4 de julho de 2010

Lançamentos 2010 - Filmes

Bem, estava aqui sem fazer nada, quer dizer, estava aqui tentando fazer meu trabalho de Sociologia sobre Modernismo e Pós-Modernismo, que meu professor "tarado" da faculdade passou como último estágio do 1º Período, quando me surge a idéia de colocar alguns dos lançamentos de filmes de 2010. Minha ideia primordial era colocar os filmes e comentar os que eu já assisti, mas, agora, me dei conta de que já passou quase 4 horas desde que eu comecei a realizar essa tarefa e vejo que não vai dar tempo de fazer os devidos  comentários. Então, deixo aí a lista e quem tiver dúvidas ou quiser que eu comente algum desses filmes, é só pedir por comentário que eu comento!!

A Última Música 11/06/2010
A Origem 16/08/2010
As crônicas de Nárnia: A viagem do peregrino alvorada 10/12/2010
Alice no País das Maravilhas - assisti
A Caixa - assisti
A Jovem Rainha Vitória - assisti
Chico Xavier - assisti
Como Treinar o seu Dragão - assisti
Caça as Bruxas 08/10/2010
Caçador de Recompenças - assisti
Cadê os Morgan 26/03/2010
Eclipse - assisti
Encontro Explosivo 16/07/2010
Ela é Demais pra Mim - assisti
Fúria de Titãs - assisti
Homem de Ferro 2 - assisti
Harry Potter e as Relíquias da Morte 1 19/11/2010
Invictus - assisti
Jogos Mortais VII 22/10/2010
Karate Kid 27/08/2010
Lembranças - assisti
Miss Março - assisti
Percy Jackson e o Ladrão de Raios - assisti
Plano B - assisti
Príncipe da Pérsia -  As areias do tempo 03/05/2010
Querido Jonh - assisti
Resident Evil: Afterlife 17/09/2010
Shrek para sempre 09/07/2010
The Runaways - assisti
Tropa de Elite 2 08/10/2010
Sex  and the City 2 28/05/2010


*Os que estão estão sublinhados com azul bebê são os que ainda não foram lançados e os que estão com a letra rosa choque são os que eu vi, mas não me interessei muuito. Desse grupo só saí o Príncipe da Pérsia, que vou assisti depois de amanhã, mas, pretendo também assistir "A Última Música" e "Sex and The City 2".

sexta-feira, 2 de julho de 2010

Copa do Mundo - "A eliminação"


Quero deixar uma coisa bem clara aqui, esse jogo foi uma booosta bem cagada e fedorenta. Mas, antes de mais nada, quero dizer que boa parte dos torcedores brasileiros são umas merdas também. Desde que o dia nasceu, o moonte de gente que eu conheço tava colocando o time pra baixo, dizendo que o Brasil não ía ganhar e que estavam torcendo pela Holanda. Que meeerda é essa?? Não entendo. Criticam Dunga, mas não querem admitir que eles é que não confiavam na seleção, só queriam mesmo prolongar o Infinity. Tudo bem que aquela escalação, tenho que admitir, foi ridícula. Vocês podem até chamar Luís Fabiano de fabuloso, mas eu o chamo de idiota, só porque ele fez 3 gols, não quer dizer que é bom e aquele Filipe Melo?? Pelo amor de Deus, quem diabos é aquele mané?? Tirem ele dos campos!! Mas, é claro que não podemos colocar a culpa apenas na seleção, pois, foram exatamente boa parte desses brasileiros que agora reclamam e gritam, que foram e estavam desacreditados no nosso time. Só digo uma coisa, a palavra têm poder, passei dias dizendo isso, pode até ser brincadeira ou parecer mentira, mas ela têm, tudo está interligado com a questão de confiança. Se não ganhamos era porque não estava escrito, mas olhem por outro ângulo, pelo menos ainda somos PENTA e nenhum outro país é!! hehehe

"As lágrimas que aqui estão, não são porque vocês vieram embora, mas sim, porque deixaram de brilhar..."

"Ser brasileiro não é questão de raça, mas está no sangue, pulsa dentro de cada um de nós. Enquanto alguns falam que isso é apenas um jogo, eu digo: isso é a prova da união de uma nação e quem não está preparado para essa prova, se lasca. Então, agora eu falo: a COPA é uma competição que vai nos exigir união, confiança e perseverança até o fim, o Brasil não estava preparado pra isso e o que aconteceu?? SE LASCOU"

PS: Mesmo com a derrota, quero parabenizar Maicon, Lúcio e Júlio. Júlio, pra mim, continua sendo o melhor goleiro do mundo, Maicon, ganharia como jogador destaque e Lúcio, nem se fala, me surpreendeu! Teve outros, mas por enquanto, esses me agradaram mais.