sábado, 25 de junho de 2011

Riscos

"A gente corre o risco de chorar um pouco
quando se deixou cativar..."
(O Pequeno Príncipe)

Se eu soubesse

"Ah, se eu soubesse não andava na rua.
Perigos não corria.
Não tinha amigos, não bebia.
Já não ria à toa.
Não enfim, cruzar contigo jamais.

Ah, se eu pudesse te diria na boa.
Não sou mais uma das tais.
Não ando com a cabeça na lua.
Nem cantarei 'eu te amo demais',
Casava com outro se fosse capaz.
Mas acontece que eu saí por aí.
E aí, larari larari larari larara.

Ah, se eu soubesse nem olhava a lagoa.
Não ia mais à praia.
De noite não gingava a saia,
Não dormia nua.
Pobre de mim, sonhar contigo, jamais.

Ah, se eu pudesse não caía na tua
Conversa mole outra vez.
Não dava mole a tua pessoa,
Te abandonava prostrado aos meus pés,
Fugia nos braços de um outro rapaz.
Mas acontece que eu sorri para ti.
E aí larari larara lariri, lariri"

(Chico Buarque)

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Toda mudança tem que partir de algum lugar...
Então que seja dos cabelos!
Ó menina bonita da pele dourada, 
olhar agateado e cabelo em pé. 
Ó menina sem jeito, 
menina de um jeito, 
que me dá vontade de te dizer “vai”. 
Vai embora, não fica menina, 
que o mundo é grande demais pra você. 
E até mesmo o mundo é pequeno demais
 pra caber tantos sonhos que cabem em você.

terça-feira, 14 de junho de 2011

If you love me let me know.
Se você me ama, deixe-me saber.

domingo, 12 de junho de 2011

Vida vivida, esquecida.

Já faz um tempo que tenho tentado escrever meus sentimentos. A questão é que a caneta está sempre seca e o papel sempre lotado. Já tentei romper com as barreiras dessa gravidade ou devo falar vida? Lá fora existe um mundo tão grande que não caberia dentro de mim, mesmo se eu o quisesse, porque por mais que sejamos grandes, nunca seremos o bastante para compreender inteiramente o resto (dos outros, de nós, do mundo). E às vezes somos tão pequenos, que desconfio que passaríamos por um buraco de uma agulha. Somos tão não convencionais e tão não realistas. Sempre inventamos uma saída, mesmo quando ela não existe. Mas também sabemos camuflar toda a nossa vida, mesmo quando ela está correndo desenfreada, louca por felicidade. Aí eu pergunto: "Por que não apenas vivemos e somos felizes?". Porque você e eu temos essa mania de infelicidade. Sempre procuramos uma palavra, mas ficamos em dúvida se ela vem com in- ou não. Então, se é assim, por que não descobrimos a vida ainda? Ela não leva in-, mas gosta de umas -ida.

sábado, 11 de junho de 2011

Ano. 2

Amanhã é nós contra o mundo, SOLTEIRAS!

Repitam comigo:

"Se o dia é dos namorados, a noite é das solteiras."
Nos vemos amanhã, mesmo local, mesma hora.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Comparações bizarras da vida.

Fui ao mercado hoje e o cara dos frios não parava de me olhar. De início pensei que ele estivesse esperando o meu costumeiro pedido de 500 gramas de mortadela, 500 gramas de salsicha, 500 gramas de linguiça e 300 gramas de mussarela. Porém, quando eu estava no segundo freezer do lado esquerdo do balcão dos frios, ele me disse que eu parecia com alguém e especificamente esse alguém era uma atriz da novela das nove da globo. Não pude deixar que um sorriso me viesse à face. Eu, parecida com uma atriz? Cômico. Pra efeito de informação essa atriz é a que faz Leila em Insensato Coração. São bizarras certas comparações que gostam de fazer com a gente. Uma vez mesmo me disseram que eu era parecida com aquela menina que fez "Um amor pra recordar". Qual era o nome dela mesmo? Sim, Mandy Moore. Fora as comparações que fazem à minha boca, dizem ser parecida com a de Angelina Jolie. Sério, realmente são bizarras essas comparações, ou, então, a bizarra seja eu. Mas, dificilmente acredito nisso.

P.S: O que vocês acham? Pareço? kkkkkk
P.S²: Já foram comparados a alguém?

filme

Eu não quero ser escolhida por exclusão, 
quero ser a primeira escolha de alguém.

domingo, 5 de junho de 2011

A vida é aquilo que acontece enquanto você faz planos.
(John Lennon)

quinta-feira, 2 de junho de 2011

"A gente se acostuma com tão pouco. Pouco sorriso, pouco afeto, pouca educação, pouca gentileza, pouca gente querendo ser grande, grande aliado, grande amigo, grande coração, grande vontade de que a gente dê certo. Tem também muita gente pequena se engrandecendo atoa. E quando alguém vem trazendo um pouco do seu melhor, um tanto do seu tudo, a gente se assusta por nada."

(Renata Fagundes)

Damon, com um D bem grande.

P.S: Em especial para mim!! heheheh

Alguns gifts pra distrair!



Aprenda uma coisa: "até mesmo por atrás de um sorriso existe sofrimento", seja ele superado ou não.