sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Declarações do primeiro porre

Mesmo que isso não vá dá em nada, espero que o arrependimento não me vença, pois a existência desse amor que julgo sentir e não consigo provar ainda prevalece...E o fato de você ter sido sabedor, mais uma vez, é um tanto reconfortante. Pequeno, mas importante detalhe: seis da manhã, enfim sóbria e com a conversa relida! Sinto-me bem! 

Efigênia Tavares

Nenhum comentário: