quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Dancinhas

Um dança por dia é tudo o que eu preciso.
Ensina-me os passos, que te dou o que queres.
Pois, dentro dos graciosos movimentos que apregoastes na minha alma,
guardo na essência do meu coração a fragrância das lembranças do nosso passado.
E agora, mesmo sendo aquela velha menina que entende de algumas coisas. 
Quero te dizer que o que você não sabe de mim,
nem ao menos eu, algum dia, vou dizer que sei.

Nenhum comentário: