domingo, 3 de abril de 2011

Eu não consigo te esquecer, nunca.
Me diz o que é que eu faço com esse coração?
Se me escondo me acha e quando te acho se esconde.
Só peço a Deus pra ficar tudo bem. O que é pra ser, será.
Mas se não há de ser, esquece.

Nenhum comentário: