segunda-feira, 19 de julho de 2010

Tu ou eu

Ouço sussuros, vozes, gritos
Ouço batidas com uma respiração forte e sofrida
Sinto as cores, as luzes, as dores
Vejo teu rosto, vejo o teu eu.
Não sei se o que sou
É tu ou eu,
Mas eu sei que me perdi no teu universo.
Vejo as paredes pintadas com meu nome e fujo.
Fujo toda vez que escuto a tua voz e sinto o teu corpo.
Fujo toda vez que sinto-me desfalecer sobre as tuas vistas.
Fujo toda vez que sinto que deixo de ser eu e passo a ser tu.

Nenhum comentário: