sexta-feira, 4 de março de 2011

O amor odeia clichês...
mas também não deixa de ser um!

Nenhum comentário: