sábado, 24 de setembro de 2011

O amor está de volta

Quatro palavras definem esse filme: 
Humor na medida certa!

Isso não significa que o filme só tem esses atrativos, claro que não. Mas ultimamente venho assistindo tantas comédias e comédias românticas extremamente apelativas, que a primeira coisa que pensei ao assistir o filme foi isso.

Curiosidades:

- Tom Hanks dirige e estrela, ao lado de sua amiga de longa data, Julia Roberts.
- A última vez que Hanks trabalhou como diretor foi em 1996, com 'The Wonders - O Sonho Não Acabou.
- O longa tem roteiro de Hanks e Nia Vardalos ('Casamento Grego').

Crítica Positiva:

Se não fosse pela dupla Hanks e Roberts, e pelo talentoso elenco de apoio, esse seria apenas um divertido e romântico filme para ser exibido na Sessão da Tarde. Usando e abusando de lições de vida, e do invejável poder do ser humano de se reerguer perante crises, o romance entretém do início ao fim, e nos faz sentir saudade do ápice da carreira de Hanks e Roberts, estrelando filmes que, mesmo que bobos, divertiam e acrescentavam algo em nossas vidas. (Renato Marafon)

Crítica Negativa:

(...) parece lógico, portanto, que ele tenha realizado um filme simpático, mas possivelmente ingênuo e legal demais para os tempos atuais de crise e comédias de baixaria. (...) Porque, obviamente, você percebeu que se trata de uma história de amor mais do que uma comédia romântica. Parece que Hanks tentou acrescentar tintas de crítica social, retrato deste momento, mas lhe faltou mais acidez, mais empenho. Entre os dois gêneros, o filme balança sem atingir nenhuma das duas propostas. (Rubens Ewald Filho)

Minha Opinião:

Não sei se foi o horário avançado, o momento de carência ou o fato de eu amar de "coração" esses dois atores (Tom Hanks e Julia Roberts), que me fizeram colocar esse filme na lista dos "assista outra vez", coisa que não tenho feito com nenhum outro filme ultimamente. Porém sei que ele não é perda de tempo. É claro que não se compara com os grandes sucessos estrelados anteriormente por eles, muito menos aborda o amor de forma diferente e inovadora, mas o mérito está exatamente aí... O segredo de um bom filme é transformar o óbvio em algo observável. E o filme ganhou minha atenção. Não se pode negar que existe alguns furos no roteiro, mas o filme não foi feito apenas para criticar nem tão pouco falar de amor, ele fala essencialmente sobre mudança e o desafio proposto é "o que você encontra no meio do caminho?"

Para ler o sinopse ou assistir o filme online, clique aqui.

P.S: Assistam o filme e comentem!

Nenhum comentário: