sábado, 5 de maio de 2012

Pés molhados.

A água toca a terra, meu corpo, minha alma.
Ela leva embora meus medos, meus segredos
e as mentiras contadas a mim mesma.
É como desnudar meu ser.
É como lavar meu coração.
Assim, simples, como nascer segunda vez sem ter morrido.
Como crescer sem nunca ter sido pequeno.


Um comentário:

B. disse...

O mar é a fórmula da fênix em seu eterno leva e trás.