sábado, 26 de fevereiro de 2011

Somos exagerados ao dizer que nunca amamos antes, ou nunca vimos alguém tão lindo em toda nossa vida, e que nunca mais amaremos de novo, daí tudo acaba e dizemos que nunca sofremos tanto, e que jamais permitiremos que alguém faça nosso coração de migalhas outra vez. Mas sabemos, e esperamos, que outra pessoa apareça para curar esta ferida, e mesmo fingindo que não estamos prontos, sempre estamos. Por que quando proferimos para sempre ou nunca mais, sabemos que tais sentenças não têm peso e as pessoas não deveriam levar tão a sério a escolha destas palavras, assim como o emprego da perfeição.

Melissa Lanbrecht

Nenhum comentário: