sábado, 26 de fevereiro de 2011

É tão estranho ter algo pra fugir
de tudo e, de repente, precisar
principalmente fugir desse algo.

Nenhum comentário: